• fullslide1
      
Mauricio Pereira é um músico paulistano. Nos anos 80, com André Abujamra, criou a banda Os Mulheres Negras. Foram 2 discos pela gravadora Warner: Música e Ciência(1988) e Música Serve pra Isso(1990). No início dos anos 90 foi cantor - mais exatamente um crooner - do programa Fanzine, diário e ao vivo, apresentado pelo escritor Marcelo Rubens Paiva na TV Cultura:  cantou mais de 600 canções de compositores brasileiros, sempre acompanhado pela banda fixa do programa, a Banda Fanzine. Em 1995 lançou seu primeiro disco solo, de produção independente, o autoral Na Tradição. E logo descobriu que músico independente tem que fabricar sua própria mídia. Foi um dos artistas pioneiros no uso da internet no Brasil: em meados de 1995 lança site, e em dezembro de 1996 faz o primeiro show ao vivo via internet no Brasil (que teve um belo revival em dezembro de 2016, 20 anos depois), no Centro Cultural São Paulo. Em 1998 lança Mergulhar na Surpresa, acompanhado pelo pianista Daniel Szafran, num trabalho que virou cult e está na estrada até hoje. Em 2003 grava com o Turbilhão de Ritmos, ao vivo, seu terceiro álbum, Canções Que Um Dia Você Já Assobiou - vol.1, onde canta sucessos de rádio e clássicos da música popular. Em 2007 grava o disco Pra Marte, com uma safra forte de canções autorais, entre as quais "Trovoa", que logo depois foi gravada por Metá Metá, Maria Gadú, A Banda Mais Bonita da Cidade e a dupla Dandara e Paulo Monarco. Em 2010, novamente com o Turbilhão de Ritmos, gravou um disco com marchinhas clássicas do carnaval brasileiroCarnaval Turbilhão. Em 2014, lança mais um autoral, Pra Onde Que Eu Tava Indo, e passa a ter distribuição da Tratore, em disco físico e nas plataformas digitais como Spotify, Deezer, Google Play, Apple Music, entre outras. Agora em 2018  lança seu sétimo disco solo, Outono no Sudeste, com produção de Gustavo Ruiz, em maio nas plataformas digitais. Além de músico, Mauricio é ator, jornalista, locutor e produtor. Com seu filho Tim Bernardes, de O Terno, faz o show "Pereirinha & Pereirão"; com Paulo Freire e Wandi Doratiotto, faz o show "Três é Bom"; com músicos do Uruguai, Argentina e Rio Grande, faz o show "Surdomundo Imposible Orchestra"; e com vários mauricios da cena paulistana faz o show "Universal Mauricio Orchestra".

Shows

Outono no Sudeste


Pra Onde Que Eu Tava Indo


Carnaval Turbilhão



Canções Que um Dia Você Já Assobiou


Mergulhar na Surpresa


Na Tradição


Últimas notícias

Fique por dentro do que ocorre.

08/08/2018

ALÔ GOIÂNIA! É com IMEEEEEENSO prazer que Cafofo Casa Estúdio apresenta: Mauricio Pereira Abertura: Bruna Mendez // Mauricio Pereira // Neste show – versão pocket e intimista – Mauricio é acompanhado por Tonho Penhasco na guitarra. No repertório, além de canções do recém lançado #outononosudeste, seu sétimo disco solo, produzido por Gustavo Ruiz Chagas, Mauricio […]

Leia Mais
08/08/2018

Neste sábado, às 20h50, Mauricio Pereira toca no palco lendário do Clube do Choro de Brasília dentro da programação do Festival CoMA, em Brasília. No repertório, além de canções do recém-lançado #outononosudeste, produzido por Gustavo Ruiz Chagas, Mauricio toca também canções dos álbuns “Pra Marte” (o disco que tem #trovoa, de 2007), “Pra Onde Que […]

Leia Mais
17/07/2018

Ingressos à venda online no www.sympla.com.br/bona

Leia Mais
05/07/2018

 (aqui, o texto q acompanha esse vídeo, escrito no comecinho de julho de 2018) No domingo eu faço um pequeno show (um pequeno show nunca é um pequeno show, vai saber como é que se calcula o tamanho de um show…) no IMS da avenida Paulista, que tem a ver com os 70 anos […]

Leia Mais
13/05/2018

  Ouve aqui o #outononosudeste nesse jukebox do SoundCloud. Ou lá no perfil do Mauricio no SoundCloud – https://tinyurl.com/OutonoNoSoundCloud

Leia Mais

Diga Oi

PARA SHOWS, OFICINAS, PALESTRAS escreva/ligue para Raquel Dammous - raquel@arterumo.com.br

Arte Rumo Produções Artísticas +55 (11) 98193-9454 - http://www.arterumo.com.br

PARA TRABALHOS DE LOCUÇÃO escreva para pereira@mauriciopereira.com.br

PARA SHOWS DE OS MULHERES NEGRAS escreva para Aguinaldo Rocca - aguirocca@gmail.com